Notícias

Mitos e verdades da Abdominoplastia

É o sonho de muita gente ter uma barriga bonita, não é mesmo? Esse desejo é compartilhado por homens e mulheres e para alcançar esse sonho muitos recorrem à cirurgia plástica com procedimentos no abdômen.

A abdominoplastia pode ser uma ótima opção para quem quer resolver o problema de excesso de pele e gordurinha localizada podendo, inclusive, ser feita em combinação com uma vibrolipoaspiração.

Durante a consulta cirurgião plástico vai identificar se você é um bom candidato a esse procedimento ou é o caso de planejar outro tipo de cirurgia. Nem sempre o procedimento que o paciente vislumbra será a melhor opção com os melhores resultados, por isso o momento da consulta é tão especial.

Antes de mais nada, o que é a cirurgia de abdome? É um procedimento cirúrgico feito na região do abdome, com o objetivo de retirar o excesso de gordura, corrigir estrias e diminuir a flacidez da região.

Fatores como envelhecimento, gravidez e oscilações de peso, por exemplo, podem causar um excesso de gordura na região abdominal, assim como flacidez, então a abdominoplastia pode vir para recuperar a firmeza da musculatura, além de retirar o excesso de gordura e pele.

Agora vamos a alguns mitos e verdades super comuns sobre a abdominoplastia. Aliás, já faço o convite aqui: quem tiver outras dúvidas que não falarmos aqui, pode escrever nos comentários que iremos responder, certo? Vamos lá:

1) A Abdominoplastia pode ser feita por qualquer pessoa acima do peso.

Mito. O objetivo da cirurgia não é o emagrecimento em si, mas sim melhorar o contorno corporal e dar firmeza à região. Na verdade, quanto mais próxima estiver do peso real, melhor será o resultado e a recuperação.

2) É possível conseguir uma barriga tipo tanquinho com a cirurgia plástica.

Mito. Cada pessoa terá um resultado diferente, de acordo com sua situação. Alguém com apenas um pequeno acúmulo de gordura deverá ter um resultado melhor do que alguém com flacidez e pneuzinhos, por exemplo. Mas para ter uma barriga “tanquinho”, é preciso fazer  “muuuuito” exercício físico e ter genética para isto.

3) Cirurgia plástica dura para sempre.

Mito. A cirurgia plástica consegue e muito modelar um corpo. Às vezes até é possível devolver a mesma silhueta de antes de uma gestação por exemplo. E quem passa por uma cirurgia plástica tem uma grande e imediata melhora. E mesmo o corpo passando um processo de transformação e envelhecimento celular a longo prazo, quem fez uma cirurgia plástica estará muito melhor do que quem não fez.

4) Mulheres que deram à luz há pouco tempo podem fazer cirurgia plástica.

Mito. Aqui existem vários critérios de tempo a se respeitar para poder fazer uma cirurgia plástica após a gestação. Normalmente o mais acertado é aguardar pelo menos 06 meses após o término da amamentação. Isto porque durante a amamentação existe uma grande alteração hormonal no corpo da mulher que geralmente começa a se normalizar após este prazo. É importante também que durante a gravidez e a amamentação esta alteração hormonal pode ser responsável por problemas na cicatrização e até mesmo formar cicatrizes parecidas com queloides.

5) É possível ter marcas na região operada, como queloides ou escurecimento da pele.

Verdade. O cirurgião sempre deve cuidar para deixar as marcas da cirurgia o mais escondidas possível, como na região do biquíni. A cicatriz embora algumas vezes possa se estender, ela deve ser de boa qualidade com tendência a ficar clara e bem pouco aparente. Alguns aspectos podem influenciar para uma má cicatrização, como pouco cuidado no pós-operatório ou mesmo falta de habilidade do médico. Por isso é importante escolher bem seu cirurgião e se atentar aos cuidados após a cirurgia!

6) Além da cirurgia do abdome, é possível realizar mais procedimentos na mesma sessão.

Parcialmente verdade. É possível sim realizar a abdominoplastia associada a outras cirurgias. Porém é preciso não exagerar e respeitar os limites do seu corpo. Além de muita coisa ao mesmo tempo aumentar tempo e risco da sua cirurgia. E lembre-se que o seu cirurgião para trabalhar com qualidade e capricho também tem os seus próprios limites.

7) É preciso ter cuidado para não engordar no período pós-cirúrgico.

Verdade. Como o objetivo da abdominoplastia é melhorar o contorno corporal, se o paciente engordar ele poderá perder a modelagem que espera obter com a cirurgia. E como o processo de recuperação envolve tempo e limitações de voltar logo para uma academia ou atividades físicas, se você não estiver bem preparada para o pós-operatório, pode acontecer de ao invés de ficar bem modelada, ganhar uns quilinhos indesejáveis e por em risco o resultado da sua cirurgia.

8) O pós-operatório é mais confortável no clima frio do que no calor.

Parcialmente verdade. Embora o uso das malhas compressivas fundamental para uma excelente recuperação, algumas pacientes reclamam do seu uso no verão. A orientação que eu costumo dar é que a melhor época para operar é quando você tiver com tudo organizado em casa para o depois da sua cirurgia – suporte de amigos e família é importante. Não esquecer de arrumar um lugar em que você fique e se sinta confortável, daí a sua cirurgia independente de calor ou frio, verão ou inverno, tem tudo para dar certo.

Acesse o link para saber mais informações sobre o procedimento de ABDOMINOPLASTIA

You must be logged in to post a comment.